sábado, 19 de maio de 2007

EUGENE POWELL (Sonny Boy Nelson)

Eugene Powell nasceu em Utica, Mississippi, em 23 de Dezembro de 1908. Cresceu cercado de músicos e começou a tocar guitarra aos oito anos e tempos depois passou a utilizar o nome de seu padrasto "Sonny Boy Nelson". Foi praticamente um pequeno fazendeiro por toda a vida e tocou em todos os lugares imagináveis, como: juke joints, festas, churrascos, etc. Eugene apresentava uma mistura de estilos e chegou a ser comparado com músicos como Blind Blake e Lonnie Johnson pela elegância de tocar. Tocou com outros grandes do Delta como Sam Chatmon, Bo Carter e Walter Vinson. Por volta de 1936 Eugene Powell e sua esposa "Mississippi” Mathilda se juntam a Willie "Brother" Harris e os Chatmon Brothers para gravarem para o selo Bluebird. Para essas gravações Eugene adicionou uma sétima corda em sua guitarra. Em outras oportunidades também tocou com nove cordas (algo muito comum nos instrumentos de Big Joe Williams).
Nos os anos 50, como a maioria dos músicos de sua geração, Powell viu a música do Delta em declínio e com poucos espaços para se apresentar e gravar. Na década seguinte, com o ‘revival’ do Blues, conseguiu algum trabalho encorajado por pesquisadores e outros artistas do estilo. Nos anos 70 e 80, se apresentou em alguns festivais, principalmente no Sul dos EUA. No início dos anos 90, mesmo com alguns problemas de saúde, Powell continuava tocando. Sua saúde piorou no início de 1998, principalmente por problemas com os ossos. Após um período de internação, voltou para casa e viu que suas guitarras haviam sido roubadas. Foi então presenteado com diversas guitarras e amplificadores por amigos, fãs e fabricantes de instrumentos.
Dois meses depois em, 4 de Novembro de 1998, Eugene morre no Delta Regional Medical Center em Greenville, Mississippi.

Informações adquiridas na internet, com destaque para um texto de Euphus ‘Butch’ Ruth, um conhecido fotógrafo que registrou momentos de grandes nomes do Blues do Delta.

Eugene Powell - Old Lonesome Blues
Foto: Eugene Powell por Alex Kustner

2 comentários:

Little Thin Jones disse...

Grande Blues Masters! Sempre me apresentando vários Masters que eu não conhecia!

Marcus Mikhail disse...

valeu Thin !!!
E tem muito bluesman bom para aparecer ainda por aqui !

um abraço
Marcus