sexta-feira, 17 de agosto de 2007

Música de Qualidade, Diversão e União !

O que vou escrever aqui é um clichê. Mas não tem problema: A UNIÃO FAZ A FORÇA !
Presente no último dia 12 no Mr. Blues Bar em São Paulo, para apoiar a iniciativa do grande Edu Soliani de manter no ar o programa
Rota Do Blues, presenciei algo que gostaria de ver em todas as apresentações de bandas de Blues no país: as bandas Marafa Blues e Black Coffee Band mostraram porque merecem mais destaque no cenário do blues feito no Brasil não só devido a qualidade de execução de seus respectivos repertórios, como também por causa do RESPEITO entre os músicos. Isso vem acontecendo a algum tempo com a união de outras bandas do gênero. Agora pergunto: porque apenas as bandas que ainda não estão inseridas ao alto escalão do blues brasileiro podem ajudar umas as outras e manter o estilo forte ? Tenho a visão de que seria impossível todos gravando, tocando em grandes festivais no exterior e recebendo ao menos para poderem viver de música. Mas, mesmo assim, a cena bluseira no Brasil poderia ser muito mais forte. E aí, volto ao clichê em destaque logo no início do texto: sem essa união, não dá!
O blog tem sido veículo de divulgação para bandas de todo país, desde o Rio Grande do Sul até Bahia, passando por Rio de Janeiro e São Paulo, ou seja, bandas de qualidade não faltam. Seria o momento ideal de aproveitar a produtividade desses músicos e se organizar festivais, onde nomes já consagrados (merecidamente) no país seriam os 'headliners', e apoiariam essas bandas que são as que realmente sustentam o estilo, pois são elas que estão tocando toda semana nos mais diversos lugares. Se hoje no Brasil você quiser assistir um show de blues, pode ter certeza que você terá dezenas de opções de bandas independentes e poucas oportunidades de ver um grande nome. Não acredito em 30 bandas no primeiro escalão, mas sim em 30 bandas em equilibrio, trocando informações, compartilhando entre si oportunidades de se apresentar, realizar jams e colocar o blues feito no Brasil definitivamente como uma realidade, mesmo o país não sendo o berço do estilo. E o público de blues que é fiel e apaixonado, poderia ter mais acesso a outros nomes.
Mas, se qualidade não falta, faremos a nossa parte em divulgar esses músicos que são previlegiados em ter o 'feeling' para escolher e tocar o blues!
Abaixo fotos do evento do Rota do Blues, dia 12/08 no Mr. Blues Bar, onde essa união se fez presente.
Black Coffee Band em ação!

Carlos Lucarini
(...play that funky music...)

Márcio Belloni
(as 6 cordas da Black Coffee)
Roberto Terremoto e Frank Hoenen (fechando a noite com a Marafa Blues)

O gaitista André Machado (...que dança é essa ?...)

8 comentários:

Anônimo disse...

Markus sua iniciativa alem de muit o inteligente e viável acho corajosa e extremante providencial, porque alguem tem que começar e para começar tem que ter coragem, como diz minha mãe onde passa um boi passa uma boiada.
Espero que de agora em diante tudo comece a rolar mais facil, e se não rolar continuaremos lutando e falando sobre esta união.
paz
Oswaldo Black Coffee


Markus, tenho um projeto para desenvolvermos juntos.

Marcus Mikhail disse...

Pode contar comigo !

E pode ter certeza, somente por gostarmos de blues no Brasil já é um ato de coragem...portanto, ela não faltará !

Grande abraço !

Anônimo disse...

Marcus,

Vc já faz parte da nossa pequena comunidade de amigos, que tem por objetivo unir as pessoas e fazer o Blues ganhar força.

Muito obrigado pela sua ajuda.

Roberto Terremoto(Mafara Blues)

Marcus Mikhail disse...

Roberto ,
Fico agradecido por suas considerações !!!

Todos somos guerreiros por ter o blues na veia e querer divulgá-lo !

abraço !

paulo disse...

Parabéns pelo trabalho!!
São pessoas que realmente amam o Blues que o mantém vivo, aqui e lá fora!!!
Vamos divulgar o BLUES!!

Paulo Coruja
Gaitista da Cracker Blues de SP
www.crackerblues.com

Marcus Mikhail disse...

Valeu Paulo !

A Cracker Blues precisa aparecer por aqui tbm !

abraço

Anônimo disse...

A BLUES ON THE TABLE manda mos abraço e comentamos :

O que falta é uma nova casa de show ou bar que creça junto com as bandas e seja um centro da nova geração do blues paulista, e que acolha também as outras gerações. Criar uma residencia. Shows de blues e R&B pelo menos de 4a a Sabado.
Uma casa que creça junto é aquela que batalhe pelo publico e pela tradiçãojunto com a banda.

PÚBLICO!!
Isso tem.
Tem gente que gosta de blues e nem sabe!!

Little Thin Jones disse...

Parabéns Marcus. Isso já tá soando como redundância, mas é verdade: teu blog tá cada dia melhor! E nada de lutar pro blues não morrer. Ele é imortal. Sempre existirá espaço para um bom violão e gaita. Uma pena eu morar em Ribeirão e só ter um festival anual, pra poder acompanhar as bandas ao vivo. Se estivesse por aí com certeza estaria mobilizado pela união, e acompanhando os eventos. Mas daqui manda as minhas "good vibrations" para que as coisas aconteçam da melhor maneira por aí. Mais uma vez, parabéns.

E obrigado pelo comentário no meu blog. Aquele cara não acredita no blues nacional. Pode isso?

Abraço!

Little Thin Jones
www.blueseveryday.blogspot.com