sábado, 1 de setembro de 2007

CAPANGA BLUES

"Blues com atitude". Com essa marca que a banda carioca Capanga Blues pretende se firmar na cena bluseira nacional. Contando em sua formação com Bernardo Simões (vocal e gaita), Daniel Sydens (baixo), Gabriel Vaz (bateria) e Pedro Kuperman (guitarra), o grupo mostra realmente atitude quando se escuta seu Demo-CD. Podemos dizer isso porque nas 5 faixas, viajamos de "From Four Till Late" (de Robert Johnson) até composições próprias cantadas em português como "Calango", que consegue unir uma persistente guitarra slide com a bateria que marca em alguns momentos a esperta batida do baião. Em "Cubano", a banda arrisca uma levada latina e acentua o bom humor da música cantando em espanhol. Completam o trabalho, o blues rápido "Godimen" e o clássico "Worried Life Blues" (de Big Maceo Merriweather).
O grupo é bastante conhecido pelos frequentadores da Banca do Blues onde sempre acontecem shows em plena calçada, na Avenida Rio Branco, centro da cidade do Rio de Janeiro. Quem vai aos shows na banca ou em outras apresentações do Capanga, pode escutar clássicos como "How Long" e "Hoochie Coochie Man".
Mas, nada como os próprios membros da banda para explicarem sua proposta. Com a palavra, o vocalista e gaitista, Bernardo: "A intenção da banda Capanga é romper o Blues quadrado. Curtimos mesclar o Blues tradicional com outros estilos musicais, dar-lhe novos ares, novos sotaques ou entorta-lo até o limite para criar coisas novas. Sentimos que o Blues precisa dessa renovação. Aquele "same old blues" não expressa toda a possível versatilidade e não condiz com a história do Blues. Somos do pensamento que tudo muda, tudo inova, até as pedras mudam... O que seria do blues tradicional se Robert Johnson não tivesse inovado? O que seria do Blues anterior a ele se os escravos nas plantações não o tivessem adaptado a sua realidade nos Estados Unidos? Imagine se Stevie Ray Vaughan tivesse medo de inovar, ou mesmo Bessie Smith. Será que o Rock existiria? Ou mesmo o Jazz? Creio que não. Não se pode interromper as mudanças improvisadas do Blues com pretextos conservadores, assim como não se para o fluxo do rio Amazonas com varetas e pedras."

Para mais informações:
Capanga Blues no MySpace
Comunidade no Orkut
Fotolog Capanga Blues

Assista Capanga Blues ao vivo na Banca do Blues (RJ) em Maio/2007.


FROM FOUR TILL LATE


HOW LONG

6 comentários:

Leo disse...

Muito bom!
Capanga ganhando espaço! Já era hora rapaziada!

Sucesso!

Roberto Terremoto BluesMan disse...

Opá.....

Blues em Português ?..... eles tem que passar lá pelo meu Blog Marcão !!!!!

Muito boa a Banda.

Paz e Blues
Roberto Terremoto

Marcus Mikhail disse...

Pois é Roberto!

Estamos cada vez mais bem servidos de bandas nacionais!

abraço

pegue.mp3 disse...

Excelente as músicas em português, muito bom!

hhehehe

Blues em português de qualidade

Congratulações aos rapazes

Anônimo disse...

Seja bem-vinda, Capanga Blues. São bandas com novas propostas e mentes arejadas que nos tira do lugar comum e mantém viva a chama do blues.
Estamos torcendo muito para a preservação da Banca do Blues, iniciativa única e louvável.

Edu Soliani

fernando disse...

sonzeira...sonzeira..
muito bom...
gostei..
abraço